/Maglev-Cobra

Um trem compacto e leve, que dispensa rodas e flutua silenciosamente sobre trilhos. Movido a energia elétrica, não emite gases de efeito estufa, como os automóveis e ônibus. Assim é o Maglev-Cobra, o trem de levitação magnética desenvolvido pela Coppe que desliza sobre uma leve passarela suspensa e não compete pelo congestionado espaço das grandes cidades. Além disso, sua construção dispensa as caras e impactantes obras civis dos metrôs e trens de superfície convencionais.

 

Supercondutores

 
O efeito levitante é obtido do uso de supercondutores e ímãs de terras-raras. Projetado para correr a 70 quilômetros por hora, o trem é ideal para percursos urbanos, em substituição ou em complemento a automóveis, ônibus e metrôs.Concebido para ser montado em módulos, o Maglev-Cobra pode ter quantos módulos forem necessários. Cada um comporta até 30 passageiros.
 

Embora o material levitante do Maglev-Cobra seja quatro vezes mais caro que o material rodante do metrô, é importante destacar que as obras civis, os custos operacionais e os custos de manutenção são menores. Para testar o protótipo e certificá-lo, construiu-se uma via demonstrativa de 200 metros, na Cidade Universitária, para o transporte de até 30 passageiros do Centro de Tecnologia 1 (CT1) ao Centro de Tecnologia (CT2).
 

Saiba mais:

 
 
 
 
 
 
 

Rio+20 - mobilidade