/Usina de Ondas

Testada no porto do Pecém, no Ceará, foi a primeira usina da América Latina a utilizar o movimento das ondas do mar para produção de energia elétrica. Idealizado e projetadonaCoppe, o projeto-piloto insere o Brasil no seleto grupo de países que estão testando diferentes conceitos tecnológicos para atingir um mesmo objetivo: comprovar que as ondas do mar podem produzir eletricidade com confiabilidade de suprimento e a custos viáveis.
 

O diferencial da tecnologia brasileira é o uso de sistema de alta pressão para movimentar a turbina e o gerador, um conceito desenvolvido e patenteado pela Coppe. O conjunto completo é formado por um flutuador e um braço mecânico que, ao serem movimentados pelas ondas, acionam uma bomba para pressurizar água doce e armazená-la num acumulador conectado a uma câmara hiperbárica. A pressão na câmara equivale à das colunas d’águadas usinas hidrelétricas. A água altamente pressurizada forma um jato responsável pela movimentação da turbina, que, por sua vez, aciona o gerador de energia elétrica.
 

Saiba mais:
 

 
 

Vídeo:  Usina de Ondas (2012)