Lista de Notícias

/Evento promovido pela COPPE recebe especialista em novos materiais

Estudo inédito pode viabilizar produção de pulmão artificial

 

A convite do Programa de Engenharia Química da COPPE, esteve no Rio de Janeiro, dias 2 e 3 de dezembro, o professor da Northwestern University (EUA), Harold H. Kung. O engenheiro químico é uma das maiores autoridades mundiais em novos materiais voltados para aplicação na área médica. Kung está desenvolvendo um estudo inédito em microestruturas que viabilizará a produção de pulmões artificiais. O objetivo é atender a pacientes que estão aguardando a doação do órgão. Segundo o pesquisador, por se tratar de um órgão vital, muitos pacientes não resistem à espera nas filas de bancos de órgãos.

A equipe coordenada pelo professor Kung vem testando com sucesso materiais compatíveis com o organismo humano. O intuito é produzir pulmão artificial, em tamanho menor do que o natural. Embora já existam órgãos artificiais, como coração, sendo implantados em seres humanos, a produção do pulmão de forma artificial ainda é um desafio mundial.

Outra linha de pesquisa de Kung é a catálise ambiental. Editor da revista Applied Catalysis, publicação de referência na área, Kung vem desenvolvendo catalisadores para diminuir a emissão de poluentes de motores a diesel. Outra tecnologia que há anos vem desafiando os pesquisadores e as indústrias automobilísticas na busca por soluções mais eficientes.

Na COPPE, o professor participou do 4º Colóquio Anual de Engenharia Química. Em sua palestra, o pesquisador falou sobre o futuro da área. Segundo ele, a nanotecnologia pode abrir novas perspectivas para a engenharia química. “O trabalho nessa escala poderá ajudar no desenvolvimento de novos materiais e processos, fazendo com que a engenharia química passe de uma área tida como poluidora para produtora de soluções ambientalmente mais limpas”, antecipa o pesquisador.

  • Publicado em - 03/12/2004