Lista de Notícias

/Centro China-Brasil promove fórum sobre energias renováveis, mudança climática e neutralidade de carbono

As inscrições estão abertas para o “China-Brazil Young Scientist Forum on Renewable Energy, Climate Change and Carbon Neutrality”. O evento será realizado no dia 20 de outubro, das 8 às 11h, e é promovido pela UFRJ, pela Universidade de Tsinghua e pelo Centro de Ciência e Tecnologia da China e co-organizado pelo Centro China – Brasil de Mudança Climática e Tecnologias Inovadoras para Energia e pelo China Latin America Joint Laboratory for Clean Energy and Climate Change.

 

O objetivo do evento é impulsionar uma nova geração de jovens cientistas de diversas áreas acadêmicas, do Brasil e da China, comprometidos em integrar conhecimento científico em mudança climática, na sociedade para bem-estar público.

 

Participarão do fórum o vice-reitor da UFRJ, professor Carlos Frederico Leão da Rocha, o vice-reitor da Universidade de Tsinghua, professor Bin Yang, o diretor e a vice-diretora da Coppe/UFRJ, professores Romildo Toledo e Suzana Kahn, e o diretor do Centro China-Brasil, professor Dehua Liu. Também participarão do fórum os professores da Coppe, Pedro Rochedo e Fabio Toniolo. Confira a programação completa e faça a inscrição neste formulário.

 

Sobre o Centro China-Brasil


O Centro China-Brasil é resultado da cooperação tecnológica e acadêmica firmada em 2008 entre a Coppe/UFRJ, maior centro de pesquisa em engenharia da América Latina, e a Universidade de Tsinghua, principal universidade chinesa na área de engenharia. Desde sua inauguração, em 2009, o Centro está sediado na Universidade de Tsinghua, em Pequim. Possui um Conselho Executivo formado por representantes dos dois países: pelo Brasil, o Centro é presidido pelo professor Luiz Pinguelli Rosa e pela China pelo professor He Jiankun, e tem como diretores os professores Romildo Toledo, da Coppe, e Liu Dehua, da Universidade de Tsinghua.


Com representações na China, em Tsinghua, e no Brasil, na Coppe, no Rio de Janeiro, o Centro China-Brasil desenvolve projetos nas seguintes áreas: produção de biodiesel; sustentabilidade urbana, do qual participam também pesquisadores da Universidade de Virgínia; energia eólica e aquecimento solar térmico; além de projetos de veículos híbridos movidos a hidrogênio e outras fontes.

  • Publicado em - 18/10/2021