/Notícias

  • Professores da Coppe e do Instituto de Biologia lançam livro sobre Biotecnologia Marinha

    O professor da Coppe/UFRJ e do Instituto de Biologia (IB/UFRJ), Fabiano Thompson, e a professora Cristiane Thompson, também do Instituto de Biologia, lançaram, no início de outubro, o livro Biotecnologia Marinha. Primeiro do gênero no Brasil, o livro contou com a colaboração de dezenas de autores, dentre os quais 13 da Coppe (incluindo os professores Laura Bahiense, Diogo Tschoeke, Luiz Landau e Rogério Valle, in memorian) e dez do Instituto de Biologia.

  • Pesquisadora da Coppe desenvolve metodologia para gestão da longevidade nas empresas

    A pesquisadora Márcia Tavares, do Programa de Engenharia de Produção da Coppe/UFRJ, desenvolveu, em sua tese de doutorado, uma metodologia inédita para gestão da longevidade nas empresas. Sob orientação da professora Carla Cipolla, Márcia defendeu a tese “Um modelo de implementação da gestão da longevidade da força de trabalho para médias e grandes empresas” que trouxe, além de uma reflexão pertinente sobre a maior longevidade dos profissionais, um modelo multidimensional para adequar as empresas à nova realidade demográfica.

  • Professor da Coppe apresenta o uso de Geossintéticos pela Engenharia brasileira em seminário internacional

    O professor do Programa de Engenharia Civil da Coppe/UFRJ, Márcio Almeida, apresenta hoje, dia 26 de outubro, às 14 horas, durante o congresso internacional GeoAmericas 2020, os principais estudos realizados na Engenharia Geotécnica do Brasil, envolvendo a aplicação de Geossintéticos, principalmente nos solos.

  • Sistemas desenvolvidos na Coppe ajudam pesquisadores do Cern a manterem trabalho remoto em tempos de pandemia

    Desde o dia 20 de março, quando a pandemia de Covid-19 levou o Cern a reduzir suas atividades, um conjunto de mais de 30 sistemas de informação criados por pesquisadores da Coppe/UFRJ vem contribuindo para que os cientistas que atuam no maior laboratório de física de partículas do mundo mantenham seus trabalhos.

  • Coppe lidera UFRJ no Vacathon, a maratona de inovação do setor do leite

    Inicia dia 22 de outubro a quarta edição do Vacathon, a maratona de inovação do setor do leite e derivados que, neste ano, contará com a participação de dez alunos da UFRJ liderados por três professores do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da Coppe/UFRJ e por uma pesquisadora do Centro da Ciência da Saúde (CCS) da universidade. Promovido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o evento será realizado até 30 de outubro.

  • Coppe desenvolve sistema de monitoramento que poderá ajudar no tratamento da Covid-19

    Pesquisadores da Coppe/UFRJ desenvolveram um sistema computacional, com uso de tecnologias contemporâneas, para apoiar no acompanhamento de pacientes internados, vítimas da Covid-19. Um oxímetro capaz de se comunicar com o sistema também foi desenvolvido para ser acoplado em cada paciente, disponibilizando, on-line e em tempo real, os dados sobre o índice de oxigenação no sangue, frequência cardíaca e temperatura.

  • Incubadora de Empresas da Coppe promove curso de empreendedorismo

    A Incubadora de Empresas da Coppe/UFRJ inicia na próxima terça-feira, dia 06 de outubro, um curso de empreendedorismo para 50 pessoas que estão interessadas em construir uma carreira profissional na área tecnológica comandando seu próprio negócio. O curso é fornecido pela EloGroup, considerada como uma das maiores consultorias do Brasil.

  • Solidariedade de aluno da Coppe é destaque em exibição fotográfica no Reino Unido

    A imagem do aluno de doutorado da Coppe/UFRJ, Sami Ayad, sorridente em seu primeiro dia de trabalho voluntário em um centro de distribuição de alimentos em Londres, foi uma das cem fotografias escolhidas para compor a exposição Hold Still, idealizada pela Duquesa de Cambridge para mostrar os laços sociais de empatia e solidariedade no Reino Unido durante a pandemia.

  • Avanço do MagLev-Cobra depende de financiamento para protótipo industrial

    Às vésperas de completar seis anos de sua inauguração, o protótipo Maglev-Cobra será desativado, após ter transportado mais de 20 mil passageiros ao longo da linha experimental que liga o Centro de Tecnologia 1 ao Centro de Tecnologia 2, na Cidade Universitária. A falta de recursos, agravada pela pandemia, levou a essa decisão. No entanto, o projeto desenvolvido na Coppe/UFRJ segue em busca de investimentos para galgar novas etapas em seu amadurecimento tecnológico.

  • Crônica de uma crise anunciada: desmatamento pode causar grandes prejuízos econômicos ao Brasil

    O desmatamento na Amazônia, que em agosto deste ano atingiu uma área próxima ao tamanho da cidade de São Paulo, segundo dados do Imazon, poderá causar enormes prejuízos econômicos ao Brasil. Em artigo publicado em 2018, professores e pesquisadores da Coppe/UFRJ já sinalizavam que o cenário de fraca governança poderia levar o Brasil a prejuízo financeiro significativo, estimado em cinco trilhões de dólares nas próximas três décadas.

Páginas